Atualidade

“Dinâmica e qualidade” nos trabalhos do Serviço de Gastrenterologia do Hospital Senhora da Oliveira

O Prof. Doutor José Cotter, diretor do Serviço de Gastrenterologia do Hospital Senhora da Oliveira, em Guimarães, revelou estar “satisfeito” pela “dinâmica e qualidade” das sete comunicações, do Hospital Senhora da Oliveira, em Guimarães, apresentadas na Digestive Diasease Week 2019, nos Estados Unidos, e das 20 comunicações na Semana Digestiva 2019, na qual cinco sob a forma de comunicação oral e as restantes por forma de poster.

Doença de Crohn: combinação entre enteroscopia por cápsula e enterografia por ressonância magnética “útil” no estadiamento da patologia

Na doença de Crohn a avaliação do intestino delgado é uma componente essencial para um correto estadiamento da patologia.

NAFLD e risco cardiovascular: fibroscan responde

A doença do fígado gordo não alcoólico (NAFLD) está associada a fatores de risco cardiovasculares.

Top 100 é “rápido e confiável” na avaliação da atividade inflamatória da doença de Crohn

O software de leitura automática Top 100 consegue selecionar 100 imagens num processo de avaliação da atividade inflamatória nos doentes com doença de Crohn.

Cancro do cólon e reto: colonoscopia com “melhores resultados” na prevenção e diagnóstico

“A colonoscopia é o melhor método de prevenção do cancro do cólon e reto”. É esta a conclusão de um estudo que analisou as diferenças na utilização da colonoscopia e da pesquisa de sangue ocultado nas fezes no diagnóstico e na prevenção do cancro do cólon e reto.

Monitorização da doença de Crohn: simple sonographic ou CEUS?

A doença inflamatória do intestino (DII) foi objeto de estudo de várias comunicações apresentadas na Semana Digestiva 2019. Exemplo disso foi o trabalho exposto pela Dr.ª Cátia Arieira, do Hospital Senhora da Oliveira, em Guimarães.